Saae trabalha no combate e prevenção à dengue em suas unidades.

segunda-feira, 19 de julho de 2021


O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba vem desenvolvendo, por intermédio da sua equipe de Educação Ambiental, um trabalho de combate e prevenção à proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como a dengue, febre amarela, zika e chikungunya, com o objetivo de colaborar com o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Sorocaba e proteger seus funcionários.

As ações, que requerem atenção e dedicação dos servidores envolvidos, são realizadas num total de 150 locais, que incluem 31 poços artesianos; 2 Estações de Tratamento de Água; 9 Estações de Tratamento de Esgoto; 33 Centros de Distribuição (reservatórios/caixas d’água); 51 estações elevatórias de esgoto; 3 captações de água bruta; 10 boosters (bombeamentos de água para as zonas altas); 2 unidades operacionais e administrativas; 6 bacias de contenção e 3 estações elevatórias de águas pluviais.

De acordo com Gláucia Cristini Franco, coordenadora da equipe, cada unidade é vistoriada periodicamente, no intuito de saber se teve alguma invasão no local, existência de atos de vandalismo, queimadas e retirada do lixo. Em seguida, os locais com acúmulo de água recebem aplicação de larvicida, cuja ação permanece por até dois meses, além de pastilhas de cloro, produtos que têm alto poder de desinfecção.

O trabalho desenvolvido inclui ainda a verificação de possíveis vazamentos, de água ou de esgoto nas unidades visitadas, que são imediatamente comunicados aos setores responsáveis, para as devidas correções.

Na ação dos dois últimos sábados, a equipe esteve presentes nos reservatórios Aparecidinha, Astúrias, Cajuru, Carandá, Horto Florestal, Iporanga, Palamides/Reserva Ipanema, Vitória Régia, além da Bacia de Contenção Norcoss, estações elevatórias de esgoto 14, 15, 16, 17 e 18. A quantidade de material que foi recolhido e retirado das referidas unidades foi equivalente a nove sacos de lixo de 100 litros, tendo a existência de uma infinidade de materiais indevidamente descartados.

O Saae-Sorocaba conta com a colaboração dos usuários para que entre em contato com a autarquia quando houver a ocorrência de descarte indevido de materiais ou atitudes suspeitas de invasão para podermos agir mais rapidamente, tanto na questão de combate a dengue como na segurança de todos“ enfatiza Ronald Pereira da Silva.

Diversos programas desenvolvidos

Implantada em 2004 para dar suporte à autarquia em suas ações de comunicação, orientação e conscientização da população sobre a preservação do meio ambiente, a equipe de Educação Ambiental realiza uma série de programas diversificados, incluindo visitas monitoradas às Estações de Tratamento de Água e de Esgoto, bem como aos mananciais utilizados para a captação de água bruta para tratamento e distribuição, e palestras educativas e de orientação em escolas, faculdades, universidades e entidades diversas.

O foco é sempre ressaltar a necessidade de preservar o meio ambiente, sempre focando nos recursos hídricos, transmitindo técnicas e comportamentos que reduzam a geração de poluentes.

Os programas desenvolvidos incluem o “Água Viva”; “Reviágua”; “Saae vai até você”; “Caminho das Águas”; “Campanha Consciência Azul” e “O Rio vai à Escola”.

Alguns dos programas, devido à pandemia da COVID-19, estão temporariamente suspensos, principalmente com os estudantes, que são os programas “Agua Viva” (visita à Estação de Tratamento de Água “Dr. Armando Pannnuzio”/ETA Cerrado e “Revivágua” (visita à Estação de Tratamento de Esgoto/ETE S1) e o retorno das referidas atividades dependem da liberação do Comitê de Avaliação e Combate ao Coronavírus da Prefeitura de Sorocaba.

Siga nossas Redes Sociais:

Instagram SAAE Sorocaba  https://instagram.com/saaesorocabasp?igshid=g7p4kvltct8f

Facebook SAAE Sorocaba https://www.facebook.com/saaesorocaba/