Conheça o SAAE

História

saae_sorocaba (3)

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) foi criado pela Lei número 1.390, de 31/12/65, como entidade autárquica municipal, com personalidade jurídica própria, sede e foro na cidade de Sorocaba, dispondo de autonomia financeira e administrativa dentro dos limites estabelecidos pela referida Lei.

A história do sistema de distribuição de água no município de Sorocaba, porém, tem como marco um sobressalto ocorrido em 1885, com a primeira greve de trabalhadores do setor. Eram os pipeiros, carroceiros que retiravam água do rio Sorocaba e transportavam em carroções-pipa para vender à população.

A Câmara Municipal lançou então um decreto proibindo os pipeiros de retirarem água naquele local, o que bastou para que esses trabalhadores fizessem greve e deixassem a cidade sem água. Ganharam a causa, mas pouco tempo depois a cidade já possuía água encanada e rede de esgoto e os pipeiros deixaram de existir.

Em fevereiro de 1886, portanto há pouco mais de um século, era realizada a cerimônia de inauguração da primeira tubulação para conduzir água, destinada ao abastecimento da população. Essa rede iniciava-se em uma pequena barragem, construída pela então Estrada de Ferro Sorocabana, do manancial de vila Barão, próximo ao córrego Supiriri. Esse encanamento atingia a praça Coronel Fernando Prestes, passando pelo largo do Mercado Municipal e chegando ao largo do Rosário (praça Dr. Ferreira Braga).

saae_sorocaba (5)

Em 1902, diante da escassez de água motivada pelo secamento da captação de vila Barão, jorrou água agora captada no manancial de Cubatão, com a instalação da primeira adutora. Em meados de 1903 a cidade recebeu as primeiras ligações de água e esgoto, chegando ao fim a principal reivindicação da população na ocasião.

A etapa seguinte dentro desse processo de evolução foi a implantação do tratamento da água captada. Num primeiro momento, em 1968, era feita apenas a cloração da água diretamente na captação, na represa de Itupararanga. Em seguida, a contar de 4 de janeiro de 1970 – quando entrou em operação a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cerrado – Sorocaba começou a contar com água efetivamente tratada, por meio de um processo eficiente e calculado, aperfeiçoado continuamente, o que hoje faz da água tratada na cidade uma das melhores do País.

saae_sorocaba (7)

Além da represa de Itupararanga, a distribuição de água tratada em Sorocaba conta também com o manancial da represa do córrego Ipaneminha, localizada na região sul da cidade. Ao contrário de Itupararanga, de onde a água vem para a ETA por gravidade, em Ipaneminha o Saae mantém uma estação elevatória, para permitir que a água chegue até a unidade de tratamento.

A Estação de Tratamento de Água do Cerrado (ETA 1) trata atualmente 2.200 litros de água por segundo, e atende a maior parte da cidade. O Saae também realiza a captação de água no bairro do Éden, onde existe outra Estação de Tratamento (ETA 2). Essa unidade entrou em funcionamento no início de 1982, recebendo águas represadas do ribeirão Pirajibu-Mirim e córrego dos Ferraz, que nasce nas imediações de Inhaíba. É uma estação de tratamento do tipo mista – compacta e convencional – com capacidade para fornecer 200 litros de água tratada por segundo. Para proporcionar melhores condições de reservação ao sistema distribuidor do Éden, o Saae construiu uma nova barragem no leito do referido córrego.

saae_sorocaba (1)

Sorocaba mantém, hoje, em pleno funcionamento, 23 poços semi-artesianos, localizados nos bairros mais distantes e que totalizam uma vazão de 403.200 litros por hora ou 112 litros por segundo. Esses poços têm água analisada diariamente, para garantir o padrão de qualidade do líquido quanto às condições físico-químicas e bacteriológicas.

Distribuindo água tratada a 99% dos imóveis existentes, Sorocaba possui hoje um dos melhores sistemas de abastecimento de água do País, com capacidade de reservação da ordem de 78 milhões de litros, com mais de 99% dos imóveis (aproximadamente 190 mil) – entre residenciais, comerciais e industriais – recebendo água tratada através de um sistema de distribuição que totaliza 1.800 quilômetros de tubulações.

Desde a sua criação, de 1965 aos dias atuais, o Saae foi dirigido e administrado por doze diretores gerais. Abaixo relacionamos os prefeitos de Sorocaba e os respectivos diretores do Saae nesse período de quarenta e sete anos de existência da autarquia.

Diretores

Período Diretor Geral do Saae Prefeito
03/02/14 a atual Adhemar José Spinelli Júnior Antônio Carlos Pannunzio
01/01/13 a 31/01/14 Wilson Unterkircher Filho Antônio Carlos Pannunzio
17/12/12 a 31/12/12 José Ailton Ribeiro Vitor Lippi
01/01/09 a 14/12/12 Geraldo de Moura Caiuby Vitor Lippi
06/05/08 a 31/12/08 Milton Cepellos Oliveira Vitor Lippi
01/01/05 a 05/05/08 Pedro Dal Pian Flores Vitor Lippi
01/12/00 a 01/01/05 Pedro Dal Pian Flores Renato Fauvel Amary
26/05/00 a 01/12/00 Milton Cepellos de Oliveira Renato Fauvel Amary
02/01/97 a 26/05/00 Pedro Dal Pian Flores Renato Fauvel Amary
04/01/93 a 02/01/97 José C. Tavares D’Almeida Paulo Mendes
28/08/91 a 04/01/93 Geraldo de Moura Caiuby Antônio Carlos Pannunzio
21/08/91 a 28/08/91 Milton Cepellos de Oliveira Antônio Carlos Pannunzio
17/10/90 a 21/08/91 Manoel Riyis Gomes Antônio Carlos Pannunzio
02/01/89 a 17/10/90 Márcio Fabio Rosa Antônio Carlos Pannunzio
14/02/86 a 02/01/89 Milton Cepellos de Oliveira Flávio Chaves
01/02/83 a 14/02/86 Cláudio Grosso Flávio Chaves
01/02/77 a 01/02/83 Alberto Batista Ferreira Theodoro Mendes
22/01/75 a 01/02/77 Pedro Dal Pian Flores Armando Pannunzio
31/01/73 a 22/01/75 Hélio da Silva Freitas Armando Pannunzio
03/02/69 a 31/01/73 Paulo Pence Pereira José Crespo Gonzales
01/01/66 a 03/02/69 Hélio da Silva Freitas Armando Pannunzio

Galeria de Fotos

Ir ao Topo