Visita à Estação de Tratamento de Água – ETA – Cerrado


1. Introdução

O projeto visa, mediante agendamento prévio com a Equipe de Educação Ambiental – SAAE, no contato com visitantes da rede de ensino municipal, estadual e privada, universidades, empresas, clubes, associações e entidades, fornecer informações a respeito do meio ambiente, situação e uso racional dos recursos hídricos. Entretanto o foco principal da visita é o conhecimento do processo necessário e efetuado no tratamento da água bruta, desde a sua captação, etapas do tratamento, e sua distribuição para a população de Sorocaba.

 

 

 

2.Objetivos

  • Propiciar conhecimento do processo de tratamento recebido pela água consumida na cidade de Sorocaba;

  • Levá-los a refletir a respeito da situação dos recursos hídricos, ambientais e a necessidade da preservação e uso racional destes recursos;

  • Mediar a desconstrução da ideia de “País de recursos naturais e hídricos abundantes e inesgotáveis”;

  • Incentivar a reflexão sobre as questões ambientais e a influência das práticas diárias individuais, familiares e comunitárias nestas questões;

  • Informar a respeito do trabalho do SAAE, bem como suas implicações na área da saúde, meio ambiente e qualidade de vida da população.

 

3. Justificativa

A água cobre 75% a superfície da Terra.

No entanto 07,4% desta se encontram nos oceanos, restando menos de 3% de água doce. Mesmo assim, a maior parte desta água, 90%, está concentrada nos pólos em forma de geleiras.

A escassez de água é uma realidade já vivida por muitos países mas, só agora o mundo está despertando para a necessidade de uma boa gestão dos recursos hídricos, combate ao desperdício e uso racional da água.

O Brasil possui entre 12 a 14% das reservas de água doce do mundo, mas 68% desta água encontra-se na região Norte que, possui também o menor índice populacional do país. A região Sudeste, composta por Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, a mais populosa e industrializada, conta apenas com 6% do total da água doce disponível no país.

Estes dados, vem desmistificar a idéia predominante de que somos um país extremamente rico em recursos hídricos e dados alarmantes com respeito a escassez de água não nos diz respeito, criando desta forma, a cultura do uso indiscriminado e do desperdício deste bem tão valioso.

Na visita Estação de Tratamento de Água Arnando Pannunzio (ETA Cerrado), a observação de todos os processos necessários para que a água bruta captada torne-se própria para o consumo da população, será uma oportunidade de constatação da gravidade que implica o desperdício desta. Com vistas a estas observações, várias linguagens serão utilizadas, a fim de, incentivar o desenvolvimento de atitudes críticas e responsáveis, em relação a preservação do meio ambiente e uso racional da água,s tão urgentes nos dias atuais

 

4. Restrição à visita

Por motivo de segurança interna da unidade, somente serão agendadas visitas a grupos cujos integrantes tenham idade superior a 07 anos, acompanhados de seus professores ou monitores.

 

5. Conteúdos programáticos:

  • Apresentação dos monitores(as);

  • Apresentação do SAAE e breve história da autarquia;

  • Vídeo institucional do SAAE:

  • Visita à Estação de Tratamento de Água;

  • Bate-papo com os alunos a respeito do que foi abordado;

  • Avaliação.

 

6. Carga Horária

  • Aproximadamente 1 hora ~ 1 hora e meia.

 

7. Recursos/materiais

  • Data-show;

  • Notebook;

  • Kit professor;

  • Vídeo Institucional e/ou vídeos educacionais”;

 

8. Avaliação

A avaliação será contínua, no decorrer de todo o processo de interação entre monitores (as) e visitantes através de rodas de conversa, de reflexão, e conscientização de acordo com a faixa etária de cada grupo.

9. Agendamento da visita

As visitas poderão ser agendadas através do site SAAE Sorocaba, no link Educação Ambiental – Visite o SAAE, onde consta o e-mail e o telefone da Coordenação da Equipe de Educação Ambiental – Sra. Gláucia.

  • O agendamento deverá ser efetuado com no um mês de antecedência, informando o número exato de participantes.

  • Um documento físico ou digital, será requisitado pela Coordenação da Equipe de Educação Ambiental para comprovar a veracidade da necessidade da visita.

 

10. Galeria de Fotos